Pilates na gravidez

Gestante, você conhece o Pilates? Se ainda não conhece está perdendo uma excelente oportunidade de estar bem consigo mesma e garantir o bem estar do seu bebê. Antes de falarmos mais sobre seus benefícios vamos explicar a fundo do que se trata essa técnica de atividade física.

Pilates

O Pilates nada mais é do que um tipo de atividade física que oferece consciência corporal, relaxamento e melhora a respiração. Todos os movimentos do exercício são sincronizados a contração e a retração do abdômen e dos músculos do assoalho pélvico.

pilates na gravidez

Pilates na gravidez

Durante toda a gravidez a mulher sente muitos desconfortos, isso porque os músculos abdominais se distendem para acomodar bem o bebê, por conta desse processo eles podem ficar bem enfraquecidos, por isso o alongamento feito nas aulas de Pilates pode ser a chave para uma gestação sem dores.

Grande parte dos exercícios são realizados com quatro pontos de suporte, os joelhos, as duas mãos e o cotovelo, assim a mulher dá um descanso para a região da coluna e dos pés. Essa atividade também é excelente para auxiliar o movimento do bebê na hora do parto.

Benefícios do Pilates para as gestantes

Sem mais delongas após conhecermos mais sobre essa atividade física, vamos ao que realmente interessa que são os benefícios que essas atividades trazem para as gestantes.

Pilates – Dicas e Benefícios

O Pilates é uma atividade física de baixo impacto sendo uma excelente maneira de fortalecer os músculos centrais do corpo. A mulher tem alta capacidade de se adaptar às atividades que são realizadas, na maioria das vezes os exercícios são modificados de acordo com a fase da gestação.

Benefícios durante a gravidez

Durante a gestação a mulher consegue garantir maior bem estar por realizar as técnicas do Pilates, além disso, ela pode se beneficiar for fortalecer seus ossos garantindo um parto tranquilo e seguro.

pilates

Outro benefício que a gestante poderá notar ao realizar as atividades durante a gravidez é o de que ela terá maior controle sobre os efeitos da gestação, como as náuseas e os enjoos frequentes.

  • Melhor qualidade de vida.
  • Bem estar físico e mental.
  • Fortalecimento dos membros superiores e inferiores.
  • Atividade de baixo impacto.
  • Preparo para o parto.
  • Otimização da postura.
  • Melhora da circulação.
  • Fortalecimento do assoalho pélvico.
  • Fortalecimento da musculatura do abdome.
  • Trabalho da respiração.

Benefícios do Pilates na hora do parto

Durante todas as aulas de Pilates a mulher consegue melhorar seu tônus muscular e a sua circulação, isso auxilia muito a mulher na hora do parto, garantindo mais oxigênio para o útero e tornando o parto muito menos sofrido para a criança.

Logicamente as técnicas de respiração que a gestante aprende durante toda a gravidez são muito úteis na hora do parto, ajudando no controle do nervosismo e até mesmo da dor.

Benefícios do Pilates após o parto

Após o parto a mulher também se beneficia muito das atividades que foram realizadas. Dificilmente uma gestante fica sem realizar o Pilates por muito tempo.

Após o parto a mulher corre menos riso de sofrer com a depressão, além disso ela consegue voltar ao seu peso ideal em bem menos tempo do que uma mulher que não pratica essa atividade física.

Exercícios do Pilates

01 02 003 004 05 06 07 08 09 10

Cuidados que as gestantes devem ter

Não é porque essa pratica traz benefícios que as mulheres podem realiza-la sem orientação e sem manter em dia alguns cuidados importantes. Veja em nossa lista alguns cuidados que você deve manter em dia.

1° Cuidado: As gestantes não devem iniciar essa atividade física sem a supervisão ou pelo menos a liberação do seu ginecologista ou obstetra. Essa é a primeira condição para garantir a saúde da mãe e do bebê.

2° Cuidado: São recomendadas pelo menos duas aulas por semana e é importante lembrar que a duração das mesmas é a mesma duração das aulas para quem não está grávida.

3° Cuidado: Gestantes que estão sofrendo uma gestação de risco não devem nem pensar em realizar o Pilates.

4° Cuidado: Quando a gestação já estiver bem avançada não é indicado que a mulher pratique nenhum tipo de atividade que a faça virar de bruços, pois pode causar mais compressão do útero.

5° Cuidado: A gestante não pode praticar nenhuma atividade que eleve sua frequência cardíaca em mais de 120 batimentos, pois isso diminui muito a circulação sanguínea.

6° Cuidado: O auxílio de um instrutor ao realizar as aulas é fundamental, não dispense a ajuda dele.