Síndrome de Down diagnóstico durante a gravidez

Muito se alerta as gestantes a respeito da importância da realização do pré-natal, algumas delas ainda acham desnecessário fazer esse acompanhamento e por isso não dão entrada no médico antes de a barriga começar a aparecer. Mal sabem elas que isso é extremamente perigoso e que o diagnóstico durante a gravidez pode ser útil para o tratamento de diversas doenças e trissomias.

descoberta da síndrome

Bebês recém-nascidos com síndromes

Tem aumentando muito o número de bebês que tem nascido com algum tipo de síndrome, devido à isso muitos pesquisadores da área tem desenvolvido sistemas que são capazes de descobrir e tratar essas trissomias antes do nascimento do bebê.

Por isso destaca-se a importância do pré-natal, é diante dos exames que essas doenças são descobertas e devidamente tratadas. Vamos falar um pouquinho mais a respeito da Síndrome de Down e saber como é feito o diagnóstico e o possível tratamento durante a gravidez.

Pré-natal: exames necessários

Síndrome de Down

A Síndrome de Down mais conhecida como Trissomia do Cromossomo 21 é um distúrbio genético total ou parcial, sua causa foi descoberta em 1958 onde foi descoberta a cópia extra do cromossomo 21, esse é o distúrbio genético mais comum da atualidade e acontece 1 vez em cada 1000 nascimentos, um número considerável.

Essa síndrome é caracterizada por uma combinação de diferenças maiores e menores na estrutura corporal, geralmente a síndrome de Down é identificada logo que o bebê nasce, mas hoje em dia a medicina está tão avançada que é capaz de descobri-la durante a gestação.

pre natal

Diagnóstico durante a gravidez

O diagnóstico da Síndrome de Down pode ser feito através da observação das características do bebê ao nascer, como dito acima ele apresentará algumas deformidades em seus membros, mas é interessante que os médicos tem conseguido fazer esse diagnóstico durante o pré-natal.

Segundo as informações do especialista essa trissomia pode ser descoberta a partir da 9 semana de gestação, para descobrir se existe a possibilidade dessa doença são feitos alguns exames.

Exames clínicos

  • Ultrassonografia.
  • Translucência nucal.
  • Cordocentese.
  • Amniocentese.
  • Biópsia do vilo corial.
  • Diagnóstico da síndrome de Down pela biotecnologia.

No que diz respeito a coleta de sangue para os exames ele é coletado no Brasil, mas é levado para análise nos Estados Unidos, sendo um dos mais eficazes para o diagnóstico da doença.

Quem deve fazer os exames?

Para a prevenção o médico orienta que algumas mulheres façam esses exames mesmo antes de suspeitar a trissomia para poder descobrir o quanto antes, saiba se você deve ou não se preocupar.

Mulher-grávida-no-médico

Os exames são exigidos nos seguintes casos:

  • Para mulheres que tenham tido outro bebê com síndrome de Down.
  • Tenham engravidado após os 35 anos de idade.
  • Em caso de má formação fetal observada no ultrassom de rotina.
  • Exames do pré natal alterados.
  • Se um dos pais for portador de translocação cromossômica envolvendo o cromossomo 21.

Tratamento contra a síndrome durante a gravidez

No ano passo o epidemiólogo chileno Elard Kock apresentou uma tese de que a Síndrome de Down teria tratamento se fosse realizado durante a gestação por meio de uma terapia embrionária. O Doutor é diretor do Instituto de Epidemiologia Molecular e do Centro de Medicina Embrionária do Chile e ele indicou que se não fosse tratada a síndrome poderia apresentar menores manifestações após o nascimento.

A investigação liderada por Koch oferecerá melhores condições de vida para a pessoa com esta afecção genética, porém ainda está em fase de testes. A mesma é dividida em duas fases e ambas estão sendo testadas.

tratamento

Tratamento após o nascimento

Até então a síndrome de Down não oferece nenhum tipo de tratamento, o máximo que os médicos conseguem oferecer aos bebês afetados é uma melhor qualidade de vida.

Estima-se que todas as pessoas que sofrem com esse mal consigam superar os 70 anos de idade sem maiores dificuldades.

Por que descobrir se o bebê tem Síndrome de Down durante a gravidez?